top of page

Como fazer um orçamento familiar

Atualizado: 9 de ago. de 2022

O primeiro passo é saber qual o seu disponível mensal, para tal deve calcular o rendimento do agregado, comece por distinguir o variável do fixo. Para o orçamento só teremos em conta o fixo uma vez que o variável tem como característica não ser garantido.


Considere apenas o vencimento liquido que entra em conta após descontos, com essas contas feitas sabe qual o valor mensal disponível, agora vem a parte mais difícil, calcular as despesas. Começamos pelas mais fáceis, as fixas como eletricidade, gás, água, seguros, uma estimativa de supermercado e por aí adiante, todas aquelas que sabe ter a pagar todos os meses, deve incluir se for o caso o ginásio a escola particular dos filhos etc.


Feitas as contas às fixas seguem-se as variáveis, mais difíceis de gerir e controlar, deve incluir todos os gastos diários mesmo aqueles que considere insignificantes como café, tabaco (se for o caso) cabeleireiro etc. Se não tem noção dos gastos diários uma boa sugestão será usar o método Kakebo pelo menos durante dois a três meses.


Após estarem identificadas todas as despesas fixas e variáveis pode criar um plano fazendo ajustes ou até mesmo cortes, naquilo que considera dispensável. Pode até ser uma ajuda a criar hábitos de vida mais saudáveis, por exemplo levar marmita para o trabalho em vez de almoçar fora e etc.

Se não soubermos onde gastamos não podemos dizer ser impossível poupar, faça as contas o mais certo é ser surpreendido.


Definido o valor a gastar em despesas, também já é possível definir um valor mensal a poupar, retirando esse valor do orçamento, por pequeno que seja, lembre-se as "coisas grandes começaram por ser pequenas" e é natural que com a mudança de hábitos se vá sentindo cada vez mais motivado e as poupanças vão aumentando.


Esse valor mensal pode mas não deve estar na conta à ordem, será sempre uma tentação, comece por aplicações de baixo risco como por exemplo contas poupança e depois ao conhecer melhor os produtos e o seu perfil de investidor vá aumentando.


Agora algumas dicas para poupança mensal:

  • Analise os seus contratos mensais de luz água telecomunicações e confirme se estão ajustados ao seu perfil caso não renegocie ou faça novos.

  • Tenha atenção aos prazos, pague por débito direto para evitar multas

  • Utilize programas de pontos para obter descontos por exemplo em gasolina

  • Distinga o essencial do acessório e invista no que realmente gosta e precisa

  • Defina um valor mensal a poupar e organize o orçamento sem ele

  • Aplique as suas poupanças


No início requer algum esforço, mas depois de feito é fácil de manter e gerir e verá que com o tempo as suas poupanças crescerão. E terá mais tempo para o que importa!



Kakebo #dsiespinho
.xlsx
Fazer download de XLSX • 126KB


30 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page